Publicidade em Aplicativos

4 cases de campanhas de rádio para você se inspirar

4-cases-de-campanhas-de-radio-para-voce-se-inspirar.jpeg
Escrito por Mobradio

Embora as mídias digitais tenham invadido o mundo da publicidade, as campanhas de rádios continuam sendo uma das estratégias mais poderosas para viralizar uma marca ou produto. Importantes peças são veiculadas todos os dias e se mostram tão valiosas hoje quanto propagandas feitas anos atrás.

Inclusive, o prestigiado Festival Internacional de Criatividade de Cannes possui uma categoria exclusiva para campanhas publicitárias em rádio, intitulada Radio Lions, uma prova de que esta mídia é valorizada no cenário internacional.

A criação de uma peça sonora – também chamada de spot – com frases, efeitos ou jingles criativos é o que define este modelo de publicidade. A fácil memorização para quem esteja acompanhando uma programação no carro, em casa ou até mesmo na rua por um dispositivo móvel é o seu grande diferencial. E, quando bem elaborado, o spot pode ficar ecoando na mente de milhares de pessoas assim como uma música que está nas paradas de sucesso.

Acompanhe, a seguir, quatro casos inspiradores de campanhas de rádio:

1. Onomatopéia divertida

Um dos spots que marcaram uma geração inteira foi o da Loja de Relógios Top Time, que explorou a onomatopeia “tic-tac” a seu favor, substituindo as palavras por “Top Time”. O uso de uma voz requintada em conjunto com a repetição do termo apesar de simples, fez com que a peça ficasse na cabeça de muitos ouvintes, adultos e crianças, que até hoje se lembram da peça e da marca de relógios.

2. O frio bate à porta

“Quem bate? É o frio! Não adianta bater, que eu não deixo você entrar…” O jingle que se tornou um clássico e foi veiculado não só em campanhas de rádio, mas também de TV, pertence à Pernambucanas. A campanha visava anunciar as opções de cobertores e edredons para o período de inverno e fez tanto sucesso que a empresa optou por repeti-lo nos anos posteriores. inclusive com a retomada do jingle na campanha de 100 anos da marca.

3. Pipoca com Guaraná

Quem também apostou no poder dos jingles foi o Guaraná Antárctica. Em 1991, alguém teve a brilhante ideia de associar a compra de pipoca com a sede de guaraná, criando um jingle exclusivo para essa combinação: “pipoca na panela começa a arrebentar, pipoca com sal, que sede que dá[…]”.

O Grande Prêmio da Cidade do Rio de Janeiro e o Prêmio Lâmpada de Ouro foram concedidos à campanha, que até hoje é considerada um dos maiores sucessos da história da publicidade. Devido a grande repercussão, a Guaraná Antárctica acabou fazendo dois remakes do jingle, um deles na voz da cantora Cláudia Leitte.

4. Spot que virou série

Em 1998, a Budweiser também marcou história com o seu spot de rádio “Real Men of Genius” que acabou se transformando em uma espécie de minissérie em propagandas na TV de um minuto.

A campanha não só recebeu um incrível retorno do público como também ganhou mais de 100 prêmios, incluindo o renomado Grande Prêmio de Rádio (2005 e 2006), o Leões de Ouro e Bronze no Festival Internacional de Publicidade de Cannes e, em 2003, Um Grand Clio.

Agora que você já se inspirou com estes casos de sucesso e pode perceber que as rádios ainda se firmam no cenário midiático, continue aprendendo mais sobre como os radialistas estão se adaptando às necessidades dos ouvintes e a nova situação dos veículos midiáticos.

 

Sobre o autor

Mobradio

Deixar comentário.

Share This
Navegação